Pix mais seguro: Presidente do Banco Central adota estratégia para evitar contas ‘fake’. Veja como funcionar

Imagem: Reprodução/Google



O Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que pretende responsabilizar os bancos que possuem "contas laranjas", como são chamadas as contas abertas pelos bandidos em nome dos clientes. A intenção é reduzir a quantidade de golpes envolvendo o PIX. 


"Estamos apertando o máximo possível para que os bancos não tenham a capacidade de serem anfitriões de 'conta laranja' ou conta intermediária. Até nós vamos começar a fazer um processo em que os bancos serão responsabilizados se uma fraude pix for feita e eles tiverem uma conta laranja", disse Neto em audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados.


O portal InfoMoney entrou em contato com o Banco Central para obter mais detalhes sobre o procedimento, mas a assessoria de imprensa disse que "não tem informações adicionais além do que o presidente disse".


Contas laranjas são aquelas contas falsas abertas por criminosos que usam dados pessoais das vítimas para receber valores de outras pessoas que também são vítimas de golpes. As contas são utilizadas, por exemplo, para transferir valores para novas contas após empréstimos, deixando as vítimas endividadas.


Os golpes que utilizam o PIX utilizam a chamada engenharia social, prática em que o bandido engana a vítima e utiliza os dados pessoais informados pela vítima, podendo fazer transações via PIX.


Nos casos em que a engenharia social é utilizada, não há falhas do sistema tecnológico ou mesmo da solução de pagamento. É por causa desses casos, que as instituições financeiras veem uma brecha para não serem responsáveis pelo pagamento dos valores aos clientes lesados.


Essa medida pensada pelo presidente do Banco Central pode ser a última alternativa para as vítimas de contas laranjas.


O BC tem se preocupado com a quantidade de golpes envolvendo o PIX e já desenvolveu recursos para tentar reduzir os golpes, crimes e sequestros resultantes da solução.


Já é possível cancelar limite, liberar pagamentos de auxílio-doença para quem está pré-cadastrado, determinar os horários em que o PIX é permitido, entre outras medidas.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem