Descubra o que fazer se o valor do saque extraordinário do FGTS não caiu na conta.

Imagem: Reprodução/Google



Na última Quarta-Feira (8), a Caixa Econômica Federal liberou o saque-out extraordinário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) no valor de até R$ 1.000 para os trabalhadores nascidos em novembro. Os nascidos entre janeiro e outubro já tiveram os recursos liberados em datas anteriores. No entanto, os nascidos em Dezembro só poderão fazer o uso dos recursos a partir de 15 de Junho.


A retirada dos valores estará disponível até 15 de dezembro. Todos os trabalhadores que possuem conta do FGTS com saldo disponível têm direito ao saque. O crédito é realizado automaticamente na conta da Caixa Tem, em nome do trabalhador.


Caso os valores liberados do FGTS não tenham caído automaticamente na conta do trabalhador, é necessário solicitar a liberação dos recursos. Segundo a Caixa Econômica Federal, o bloqueio de recursos pode ocorrer devido a alguns fatores. Entre elas estão:


  • Garantia de operações de crédito na antecipação do Saque Aniversário;
  • Determinação judicial;
  • Solicitação de devolução do valor recolhido pelo empregador;
  • E dados inconsistentes.

A Caixa ressalta que o saque não será disponibilizado se os valores forem bloqueados na conta do fundo de garantia. Caso o beneficiário não tenha conta na Caixa Tem, a Caixa Econômica Federal abrirá automaticamente uma conta no nome do trabalhador.


Consulta de valores do FGTS


É possível consultar os valores, datas para receber o dinheiro e se você tem direito ao benefício através do site da Caixa, do aplicativo do FGTS e das agências da Caixa Econômica Federal (CEF).  Ao todo, são cerca de 42 milhões de trabalhadores elegíveis para a liquidação extraordinária do FGTS, totalizando R$ 30 bilhões. O saldo disponível pode ser consultado por todos os trabalhadores.


Na consulta pelo site do FGTS, é possível saber se o trabalhador tem direito a saque extraordinário; confira a data de crédito na Conta Poupança Social Digital. Por meio do aplicativo do FGTS e das agências da Caixa, é possível realizar a consulta dos valores a serem creditados; consulte a data de crédito na Conta Poupança Social Digital; informar que você não quer receber crédito pelo valor; solicitar a devolução do valor creditado à conta; alteração de cadastro para a criação de conta poupança social digital.


Calendário extraordinário de saques do FGTS


Segundo o órgão, cerca de R$ 30 bilhões serão liberados para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores com direito ao compressivo. A liberação vai até 15 de junho, de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Segue-se o calendário de liberação de valor do FGTS:


Quem tem conta ativa ou inativa do FGTS pode sacar. Se o titular tiver mais de uma conta do FGTS, o saque é feito na seguinte ordem: primeiro, as contas referentes a contratos de trabalho extintos, a partir da conta com o menor saldo; em seguida, as outras contas vinculadas, começando com a conta que tem o menor saldo.


Os valores bloqueados na conta do FGTS não estarão disponíveis para estar disponíveis, como garantir operações de crédito na antecipação do saque aniversário, por exemplo. Vale lembrar que não há necessidade de liberação dos saques, o dinheiro será disponibilizado automaticamente na conta do trabalhador.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem