Crédito de até R$ 1.000 da Caixa é finalizado, mas ainda dá tempo de sacar. Veja!

Imagem: Reprodução/Google



A Caixa Econômica Federal encerrou os pagamentos do saque extraordinário do FGTS de até R$ 1 mil. A data da última liberação ocorreu no dia 15 de junho, quando nascidos em dezembro puderam movimentar os recursos liberados via aplicativo Caixa Tem.


Apesar do fim do cronograma oficial, milhões de brasileiros ainda podem sacar o dinheiro. Isso porque não era necessário solicitar o novo saque do FGTS.


Sua liberação acontecia de forma automática para os trabalhadores com saldo acumulado no fundo.

Quem pode sacar o FGTS 2022?


Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, o saque extraordinário do FGTS foi liberado para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores brasileiros. Apesar da facilidade em sacar o dinheiro, muitas pessoas ainda não mexeram nos recursos.


É importante lembrar que o saque é opcional e o trabalhador pode escolher entre resgatar o dinheiro ou não. Aqueles que não quiserem mexer no FGTS agora podem informar a Caixa da decisão desde já ou aguardar o retorno do dinheiro para as contas vinculadas após o fim do prazo de saque.


Lembrando que o prazo final para retirada vai até o dia 15 de Dezembro.


Como consultar e sacar o FGTS?


Para saber o valor dos recursos liberados pelo FGTS, os trabalhadores podem baixar o aplicativo FGTS. Em relação ao uso do dinheiro, é possível transferi-lo do Caixa Tem para contas de outras instituições bancárias via PIX.


Ainda pelo app da conta poupança social digital, os trabalhadores podem pagar contas e boletos ou utilizar o cartão de débito virtual e QR Code para compras em qualquer loja ou estabelecimento que aceitem esse tipo pagamento.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem