Você pode ter um tesouro no bolso! Nota rara de R$ 5 pode valer até R$ 2 mil. Confira

Imagem: Reprodução/Google


Cédulas com erro de impressão agora têm grande valor para os colecionadores, justamente por causa da raridade das cédulas. Já pensou em encontrar uma nota de $5 e ganhar até $2.000 por ela? Isso é uma realidade. Então é bom saber como identificar uma nota rara.


Colecionadores de notas se encontram em todo o mundo. É a busca sem fim por raridades na forma de dinheiro. Geralmente as notas mais antigas são as de maior valor.


Nota rara


Em alguns casos, até as últimas notas também podem ser valorizadas pelos colecionadores. O motivo é um erro de impressão que deixa a nota rara, já que há poucos em circulação.


E você pode ter uma cédula como essa em casa. Na década de 1990, notas falsas foram descartadas pela Casa da Moeda. As notas impressas para a substituição das cédulas por engano ganharam um asterisco na frente do número de série.


Esse é o sinal valioso. Em 1994, foram impressas mais de 400 mil notas de R$ 5 e R$ 10. E o símbolo fez da nota um tipo raro nos olhos dos colecionadores.


É por isso que você tem que pagar até R$ 2.000 por uma nota com erro de impressão. Além dos erros, os coletores também valorizam as cédulas importadas. São eles que com a letra "B" no final do número de série.


Imagem: Reprodução/Google

Além disso, até a nota de R$ 1 vale muito. Está fora de circulação desde 2005. Algumas cópias podem ser vendidas por até R$ 200. Mas é claro que os colecionadores levam alguns pontos em conta.


Por exemplo, a preservação da cédula. Se você encontrar uma nota rara lá fora, vale a pena verificar se ela tem mais valor no mercado.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem