Quem trabalhou em 2021 tem direito a abono de mais de R$ 1,2 mil.Confira

Imagem: Reprodução/Google



O abono salarial do PIS/Pasep é um benefício pago a trabalhadores de empresas privadas e servidores públicos de todo o país. Quem cumprir todas as regras e trabalhar formalmente em 2021 poderá sacar até um salário mínimo (R$ 1.212) do benefício.


Em geral, o PIS/Pasep é pago no ano seguinte ao trabalho, ou seja: quem trabalha em 2010 recebe em 2011; quem trabalha em 2011 recebe em 2012; e assim por diante. A princípio, o depósito do abono para 2021 estava previsto para este ano, mas o governo federal decidiu adiar o repasse.


O que acontece é que o benefício de 2020 já havia sido adiado para 2022, o que significa que haveria pagamento em dobro agora. Devido à falta de orçamento para duas transferências, o calendário do ano passado também foi adiado.


E quando serei pago?


O abono do PIS/Pasep deverá ser depositado somente em 2021. Via de regra, as transferências devem ocorrer entre os meses de janeiro e dezembro do mesmo ano para todos os trabalhadores.


Cerca de 23 milhões de pessoas serão beneficiadas, a um custo de cerca de R$ 20 bilhões para os cofres públicos.


Como vejo o abono do PIS/Pasep?


O trabalhador pode obter informações sobre o benefício através dos canais do banco pagador. Caixa Econômica Federal repassa o PIS para trabalhadores de empresas privadas, enquanto servidores públicos recebem Pasep pelo Banco do Brasil:


PIS: Aplicativo do Trabalhador da Caixa, site da Caixa ou telefone 0800 726 0207.

Pasep: telefones 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (outras cidades); e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem