FGTS: Domésticas podem sacar até R$ 1.000 este mês. Confira calendário

Imagem: Reproduçao/Google


Os trabalhadores com contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) têm direito ao saque extraordinário do FGTS de até R$ 1.000. Isso inclui o grupo de nacionais que têm carteira assinada e saldo acumulado.


A nova forma de recolhimento do FGTS começou em Abril, com liberações previstas de acordo com o mês de nascimento dos trabalhadores. Em maio, recebem os nascidos em Março, abril, maio, junho, julho, agosto e setembro. Em Junho, será a vez dos aniversários de outubro, Novembro e Dezembro.


Segundo a Caixa Econômica Federal, banco responsável pelos pagamentos, cerca de 42 milhões de trabalhadores terão acesso ao dinheiro liberado. Para depósitos, estima-se um montante de R$ 30 bilhões, o objetivo é estimular a economia.


Saque do FGTS por empregadas domésticas


Do total de beneficiários dessa nova rodada do caixa emergencial do FGTS, cerca de 1,46 milhão são trabalhadores domésticos que trabalham com carteira assinada e têm direito ao dinheiro acumulado nas contas do fundo. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


O saque, segundo o presidente do Instituto Interno Legal, Mário Avelino, beneficiará muitas empregadas domésticas com dinheiro economizado no FGTS. A medida também contribuirá positivamente para a Lei Complementar 150, responsável por trazer mais dignidade para quem exerce esse tipo de atividade, como direito ao seguro-desemprego, salário-família e, claro, ao FGTS.


"Atualmente, o trabalhador doméstico tem todos os direitos de um trabalhador de uma empresa, com exceção do abono do PIS", acrescentou Avelino.


Calendário extraordinário de saques do FGTS


Imagem: Reprodução/Google

Segue-se o calendário de depósitos de até R$ 1.000 do FGTS, com base na data de nascimento do trabalhador:Como sacar o novo FGTS 2022?


Os recursos do FGTS são disponibilizados automaticamente para a conta do trabalhador criada pela Caixa no aplicativo Tem Caixa. Quem não quiser o saque pode informar o banco da decisão.


Após creditar os valores via conta poupança social digital, o beneficiário utiliza o dinheiro para pagar boletos, contas, usar o cartão de débito virtual ou transferir os recursos para outras contas bancárias via PIX.


Para ver o saldo a ser recebido, basta baixar e acessar o aplicativo do FGTS.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem