FGTS Digital é criado pelo Governo e terá novos benefícios; Confira as mudanças

Imagem: Reprodução/Google


O Governo Federal disponibilizou nesta Quarta-Feira, 4 de Maio de 2022, uma nova plataforma que reduzirá o tempo gasto pelas empresas no tempo de obrigações, pois utilizará o banco de dados e-Social. Essa plataforma é o FGTS Digital.


Por meio dele, os empregadores terão mais facilidade para gerar guias e transparência, além de reduzir o "custo Brasil". A nova forma de recolhimento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) reduzirá as burocracias e o tempo gasto pelas empresas no cumprimento das obrigações trabalhistas.


O portal traz novidades e informações aos usuários que utilizarão o serviço para se familiarizarem mais facilmente com o novo ambiente digital. Além das informações sobre o serviço FGTS Digital, a página apresentará leis relevantes, perguntas e respostas frequentes e canais de contato.


FGTS Digital: veja como será o acesso


Para acessar a plataforma Digital do FGTS, é necessário que o empregador tenha um cadastro no gov.br. A conta é gratuita e disponível para todos os cidadãos brasileiros.


O FGTS Digital trará um conjunto de sistemas integrados para gerir diversos processos relacionados ao cumprimento da obrigação de recolhimento do FGTS.


A expectativa é promover soluções processuais e tecnológicas que facilitem o cumprimento dessa obrigação e garantam que os valores devidos aos trabalhadores sejam efetivamente individualizados em suas contas vinculadas.


Benefícios do FGTS Digital


Conheça alguns dos benefícios a serem obtidos com o FGTS Digital:


  • Assegurar o pagamento da multa indenizatória, considerando a remuneração devida em relação a todo o tempo de trabalho;
  • Eliminar burocracias e outros custos;
  • Redução dos custos operacionais incorridos do FGTS;
  • Reduzir os gastos com tarifas;
  • Serviços de digitalização;
  • Melhorar os serviços desenvolvidos para trabalhador e empregador;
  • Promover a integração de ambientes;
  • Facilitar o acesso e o gerenciamento de informações;
  • Promover segurança de dados, integridade e confiabilidade;
  • Reduzir o adiamento da cobrança anual do FGTS;
  • Melhorar a gestão, o controle e a transparência dos processos;
  • Facilitar a comunicação entre Gestão e Administração;
  • Permitir que os envolvidos relacionados à arrecadação do FGTS tenham acesso aos dados e informações necessários para a realização integral de suas atividades.

Portanto, os empregadores terão acesso à emissão de guias rápidos e/ou personalizados, consulta de demonstrações de pagamentos e feitos, verificação de débitos em aberto e individualização de demonstrações de pagamento. Tudo isso de forma digital.


O objetivo é que todos os recursos do FGTS Digital estejam disponíveis até o final deste ano de 2022.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem