Conheça os sintomas e sinais da falta de ferro dentro do organismo; Entenda o que a falta deste nutriente pode causar

Imagem: Reprodução/Google


O ferro é um nutriente encontrado em diversos alimentos e também é essencial para a saúde. Você pode consumir ferro através de feijão, espinafre, couve e brócolis. No entanto, o cardápio rico em nutrientes nem sempre é suficiente para combater a falta de ferro no corpo.


Confira alguns dos sinais da falta de ferro


  • Fadiga extrema;
  • Pés inchados;
  • Queda capilar;
  • Pele pálida;
  • Disposto a comer;
  • Infecções frequentes.

Falta de ferro pode causar anemia


O maior problema relacionado à falta de ferro é a anemia. De acordo com um estudo de 2013 publicado pelo Anemia Working Group Portugal, 20% da população pode ter anemia no país lusitano. A pesquisa foi desenvolvida a partir da análise de 7.890 pessoas com mais de 18 anos.

Na mesma linha, um artigo publicado no site lusíadas, de autoria de João Estevens, diz que "Em termos estatísticos, em uma família portuguesa de cinco pessoas de idade, uma delas sofre de anemia". Foi o que disse Estevens, especialista em medicina internacional, do Hospital Lusíadas Albufeira.


Sintomas de anemia


Entre os sintomas mais comuns relacionados à anemia, sejam eles qual for, estão:


  • Arritmia
  • Dificuldade respiratória
  • Dor no peito
  • Dor de cabeça
  • Fadiga
  • Mãos e pés frios
  • Pele pálida ou amarelada
  • Tontura
  • Atenção à falta de ferro

Se você experimentar algum desses sintomas ou vários deles, o ideal é procurar ajuda médica o mais rápido possível.


A anemia requer mais esforço cardíaco e pode agravar vários outros problemas de saúde. Além disso, uma pessoa anêmica está em gravidade se tiver algum tipo de sangramento ou sangramento pesado.


Nem todos os tipos de anemia podem ser prevenidos, mas há alguns que podem sim confiar em medidas preventivas. A anemia ferropriva, por exemplo, deve ser tratada com dieta e, em alguns casos, substituição intravenosa de ferro. Recomenda-se o consumo de vitaminas B8, B12 e C, além de atividade física moderada e consumo de alimentos ricos em ferro.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem