Conheça 7 cédulas raras de até R$ 50 que podem valer R$ 4 mil

Imagem: Reprodução/Google


A maioria das pessoas não costuma prestar muita atenção quando recebe uma cédula em dinheiro. Quase sempre, ela sai do bolso sem que você nem olhe duas vezes para ela. No entanto, mudar esse hábito pode trazer boas recompensas.


Existem algumas cópias de cédulas que podem valer um bom dinheiro no mercado de colecionadores. Em alguns casos, são vendidos por até R$ 4.000 sem sequer precisar de muito esforço.


Aqui estão 7 notas raras para ficar de olho e ganhar dinheiro extra:


Sem frase


Fabricadas em 1991, algumas notas de R$ 50 vieram sem a famosa fase "Deus seja louvado", presente em todos os reais.
Não se sabe se foi um erro de impressão ou uma decisão oficial, mas o fato é que hoje essas cópias valem até R$ 4 mil entre os colecionadores.

Asterisco


Outro "erro" de impressão fez com que 400 mil notas de R$ 5 e R$ 10 entrassem no mercado com um asterisco na frente do número de série. Grande parte foi retirada de circulação pelo Banco Central, mas as que ainda existem podem ser vendidas por até R$ 2.000.


Importados


Algumas notas de R$ 5, R$ 10 e R$ 50 que foram impressas em outros países e atualmente valem até R$ 1.500. As unidades são identificadas pela letra "B" no final do número de série, bem como pela marca do fabricante na parte de trás.


Um real


Fora de circulação desde 2005, a nota de R$ 1 vale até 200 vezes mais hoje. A versão de 1996 assinada por Pedro Mala e Gustavo Loyola, por exemplo, é vendida por cerca de R$ 195.


Vale ressaltar que os valores mencionados dependem de quão rara é a nota, e também de seu estado de conservação. Para começar a acompanhar o mercado de colecionadores, vale a pena ficar de olho em sites como Mercado Livre e OLX.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem