Caixa Econômica Federal libera novo empréstimo pelo Caixa Tem; Veja os requisitos para solicitar

Imagem: Reprodução/Google


A Caixa Tem é um aplicativo criado pela Caixa Econômica Federal durante o período de pandemia para facilitar a concessão de diversos auxílios destinados à população de baixa renda. Nesse sentido, desde 28 de março de 2020, o aplicativo gerou algumas dúvidas em relação a um novo empréstimo anunciado pelo Banco.


Em primeiro lugar, é importante ressaltar que o empréstimo não será concedido a nenhum cidadão, para receber esse dinheiro é necessário se adequar a alguns requisitos, sendo estes:


Ser o pessoa física interessado em ser um empreendedor autônomo ou que queira empreender, mesmo que informalmente e não ter dívidas acima de R$ 3.000, exceto financiamento imobiliário. Portanto, o empréstimo não pode ser usado para pagar contas, dívidas ou itens da casa.


Diante disso, esse empréstimo concedido pela Caixa é destinado a quem quer impulsionar seus negócios, como vendedores de guloseimas em semáforos ou entregadores que querem comprar uma bicicleta nova, ou algo assim. Assim, para solicitar esse empréstimo é necessário ter cadastro na Caixa Tem. Ao entrar no aplicativo, aparecerá se o empréstimo que você deseja for para o seu negócio ou para outros fins.


Clicando em "outros", você será redirecionado para o empréstimo da Caixa lançado em dezembro de 2021, que contém uma taxa de 3,99% ao mês. Em contrapartida, se você clicar em "negociar", você será redirecionado para o novo empréstimo Digital Sim.


Diante disso, é importante ressaltar que a aprovação do empréstimo não está configurada como automática, é necessário uma análise se a pessoa pode ou não ter direito a esse crédito fornecido pela instituição.


Para quem tem o nome negativo, isso se enquadra nas mesmas regras de antes, mas se a pessoa que solicitou o empréstimo tiver uma dívida que passe 3.000 reais, automaticamente não poderá receber esse crédito.


A regra da portaria que regulamenta esse crédito diz que "Pessoas físicas ou microempreendedores individuais (MEI) que possuem operações de crédito em bancos com valor total superior a R$ 3.000,00 não são elegíveis para contratar o crédito".

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem