Bolsa Tech oferece auxílio de R$ 627,21 para 1.000 jovens; Confira as regras para participar

Imagem: Reprodução/Google


A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho do município de São Paulo está lançando diversas iniciativas locais para incentivar a entrada no mercado de trabalho. Entre eles está o programa Bolsa Tech, que visa auxiliar os alunos da área de tecnologia.


A ideia é ajudar jovens entre 16 e 20 anos com parcelas de R$ 627,21 por um período de seis meses. Estes passarão por um curso de treinamento em programação de computadores. As inscrições estarão abertas a partir do dia 2 de maio e devem ser feitas pelo Portal Cate.


Como será realizado o programa Bolsa Técnica


Segundo a prefeitura de São Paulo, serão oferecidas 1.000 vagas pelo programa Bolsa Tecnologia para formação e qualificação profissional de jovens. Estes passarão por cursos e oficinas de programação de computadores oferecidos pela Ade Sampa e pela Fundação Paulistana.


Outro objetivo desses laboratórios é "apoiar a geração de renda dos trabalhadores, seja por meio do empreendedorismo ou do mercado formal", conforme relatado pela prefeitura. O programa acontecerá durante todo o mês de maio e será voltado para jovens de 16 a 20 anos de idade.


Os interessados devem acessar o Portal cate, a partir de 2 de maio, para se inscrever para as atividades. Lembrando que os participantes da Bolsa Técnica receberão uma bolsa no valor de R$ 627,21 por seis meses. Para isso, o programa conta com um investimento de mais de R$ 3 milhões.


Outras medidas de incentivo em São Paulo


Além da qualificação profissional específica na área de tecnologia, a cidade de São Paulo oferece mais de 100 cursos online e gratuitos para diferentes setores. Todos eles possuem certificado de conclusão e podem ser acessados através do Portal Cate. Hoje, a plataforma conta com mais de 200 mil usuários cadastrados.

Outra iniciativa é oferecida por meio da Fundação Paulistana, que comemora 18 anos em 2022. Por causa do aniversário, a instituição abrirá mais de 6 mil vagas em cursos nas áreas de gastronomia, serviços, saúde, tecnologia e sustentabilidade.


Vale ressaltar ainda que o pacote de iniciativas da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho oferece 700 vagas de emprego na Semana do Trabalho. Profissionais de diferentes níveis de escolaridade poderão receber contratos nas áreas de comércio e serviços.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem