Auxílio Brasil: Benefício tem saques de R$ 400, R$ 600 e até R$ 1 mil. Entenda

Imagem: Reprodução/Google


Uma nova rodada de Pagamentos do Brasil Ajuda vem ocorrendo desde o último dia 18 e cerca de 18,1 milhões de famílias serão beneficiadas. O governo federal paga pelo menos R$ 400 em parcelas para cada um deles, mas o valor pode ser maior em alguns casos.


Alguns participantes têm direito a adicional de R$ 200 até R$ 1.000. Esses valores estão previstos nas regras que criam o programa e são concedidos em casos específicos.


Assistência Adicional Brasil


O Auxílio à Inclusão Produtiva Urbana de R$ 200 é um exemplo adicional do Ajuda brasil. Ele é pago quando um membro da família consegue um emprego e prova que o vínculo empregatício. Seu objetivo é promover a emancipação daquela casa para que ela não dependa mais da ajuda do governo.

A Bolsa de Iniciação Científica Júnior garante um adicional de R$ 100 para alunos que se destacam em competições acadêmicas e científicas de abrangência nacional. Além disso, a família recebe uma única parcela anual no valor de R$ 1.000.


O Auxílio Brasil também conta com os seguintes benefícios básicos e complementares: Benefício de Primeira Infância, Benefício de Composição Familiar, Benefício de Superação da Pobreza Extrema, Assistência Esportiva Escolar, Assistência à Criança Cidadã, Assistência à Inclusão Produtiva Rural e Benefício Compensatório Transitório.


Como se cadastrar?


A seleção para o maior programa de transferência de renda do país é feita pelo Ministério da Cidadania, que escolhe os beneficiários com base em dados do Cadastro Único (CadÚnico). Para participar, a família se inscreve nesse sistema de governo.


Outra exigência do programa é ter renda familiar mensal de até R$ 105 por pessoa (extrema pobreza); ou até R$ 210 por pessoa (situação de pobreza). No segundo caso, é necessário ter pelo menos uma gestante, mãe amamentando ou menores de 16 anos na composição do lar.


O cadastro deve ser feito pelo responsável pela família, preferencialmente uma mulher com idade mínima de 16 anos. Basta comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou ao posto de atendimento cadúnico mais próximo e apresentar documentos pessoais de todos os membros da unidade familiar.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem