O programa CNH Social está com inscrições abertas em alguns Estados. Confira como participar e garantir o documento sem nenhum custo

Imagem: Reprodução/Google


A conquista da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) exige um alto investimento para muitos brasileiros. Só para se ter uma ideia, todo o processo pode custar mais de R$ 4 mil em alguns estados. Foi com isso em mente que foi criado o programa CNH Social. Ele garante o documento a pessoas de baixa renda sem nenhum custo.


A CNH é um documento que pode abrir portas para quem procura uma oportunidade de trabalho, por exemplo. Por várias razões, a carteira de motorista se torna essencial para muitos brasileiros.


CNH Social


Apesar da importância da CNH social, o programa não é oferecido em todos os estados. Para saber se o serviço é oferecido em sua região, a consulta pode ser feita no site do Detran em seu estado. A CNH Social é oferecida para quem mora em Goiás, Pará, Mato Grosso do Sul e outros estados. Além do Distrito Federal.

Os interessados em participar do programa devem estar atentos aos anúncios feitos pelo governo estadual. É que as inscrições são quase sempre no início de cada ano. Então para não perder o prazo, a dica é se organizar. Assim, para quem mora no Distrito Federal, as inscrições começam em 25 de abril.


São oferecidas 5.000 CNHs, sendo 1.500 na modalidade "Habilitado para Estudante" e 3.500 para "Cidadão Qualificado". As inscrições podem ser feitas até o dia 25 de maio, no site do Detran DF.  Depois disso, o Detran publica a lista de selecionados. Vale lembrar que em todos os estados, a CNH Social é realizada uma vez por ano.


De acordo com as regras do programa, a CNH social é válida para quem vai tirar a carteira pela primeira vez e também para os motoristas que precisam renovar o documento ou mesmo adicionar uma nova categoria.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem