Nova CNH: Quem precisa emitir o documento? Conheça regras oficiais

Imagem: Reprodução/Google


A partir de 1º de Junho deste ano, a nova CNH (Carteira Nacional de Habilitação) começará a ser emitida em todo o país. O documento atualizado será emitido para quem pegar o primeiro caminho ou renovar a carteira. Dessa forma, a mudança para o novo formato será feita gradualmente.


Isso significa que aqueles que têm a permissão de direção atual não precisam fazer a troca imediatamente. Como a validade de cada CNH expira, os motoristas renovam e recebem a nova.


A Resolução 886 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) diz que o documento pode ser lançado impresso, digital ou ambos.


O que muda com a nova CNH?


O Contran publicou a resolução em Dezembro de 2021 com uma série de mudanças na carteira de motorista. Essas alterações são do design do documento para as informações que ele contém. QR Code, foto do motorista e assinatura serão mantidos. Esta última ficará abaixo da foto e não mais na parte de trás da nova CNH.


As outras novidades são:


  • Documento em verde e amarelo;
  • Tabela, com imagens, para identificar que tipos de veículos que o motorista pode dirigir;
  • Carta P para quem tem permissão temporária ou D para quem tem a autorização final;
  • Quadro de informações indicando se o motorista usa a nova CNH para trabalhar e/ou dados médicos, como possíveis restrições;
  • Dispositivos impressos em tinta fluorescente e itens que só podem ser vistos com luz ultravioleta;
  • Holograma na parte inferior da carteira;
  • Número de identificação nacional e número de identificação do estado.


A validade da carteira de motorista continuará sendo de 10 anos para aqueles com até 50 anos de idade, 5 anos para motoristas de até 70 anos e 3 anos para aqueles com mais de 70 anos. O limite de pontuação da nova CNH continuará sendo de 40 pontos sem qualquer infração grave.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem