Está de dieta? Descuba qual é a opção de chocolate mais saudável e qual o menos indicado.

Imagem: Reprodução/Google


Se você é um daqueles chocólatras que quando pensa em parar de consumir essa iguaria entra em pânico, saiba que é possível continuar comendo seu doce favorito, desde que você siga algumas recomendações importantes.


Primeiro, você precisa entender quais benefícios reais para a saúde o chocolate oferece e precisa ser capaz de identificar quais são os seguintes critérios na compra do produto.


Antes de escolher qual chocolate é o melhor é importante entender quais são os benefícios que esse alimento produz no organismo. 


Por que comer chocolate é bom para sua saúde 


O chocolate é um alimento que produz ação anti-inflamatória, antioxidante e vasodilatadora, por causa de seus elementos fenólicos e sua quantidade de cacau. O cacau é responsável por dar o sabor mais amargo da comida.


Em quantidades moderadas, o chocolate pode se beneficiar em vários aspectos, tais como:

Melhorando o humor: Devido à sua composição de teobromina, cafeína e tiranaína, esta última é uma substância precursora do triptofano, que desencadeia a serotonina que afeta o humor. Além disso:


  • Previne trombose: O chocolate é capaz de melhorar o fluxo sanguíneo, evitando doenças como trombose.
  • Ajuda a regular o colesterol: Ao conter elementos antioxidantes, o chocolate ajuda a equilibrar os níveis de colesterol "ruins".
  • Previne anemia: Não por acaso, mas por conter ferro em sua composição o chocolate tem ação positiva na prevenção da anemia.
  • Reduz os riscos de diabetes: O chocolate ajuda a reduzir os riscos de diabetes.
  • Previne doenças degenerativas: Graças aos compostos de teobromina que ajudam no fluxo sanguíneo. Além de ter selênio que melhora a cognição e a memória.
  • Regula o intestino: Devido às suas quantidades de flavonoides e catequinas que estimulam boas bactérias, assumindo um efeito probiótico, contribuindo para a saúde do intestino.
  • Melhora as inflamações: Contendo antioxidantes que combatem radicais livres que são substâncias que causam o envelhecimento precoce.
  • Reduz a pressão arterial: Ao realizar a função vasodilatador, pode ajudar na produção de óxido nítrico que favorece o relaxamento dos vasos, isso ajuda a diminuir a pressão arterial.
  • Ajuda no emagrecimento: Devido ao cacau produzindo maior saciedade e ajudando na síntese da absorção de gordura.

Mas como fazer a melhor escolha de chocolate e qual chocolate é o menos indicado?


Para escolher o melhor chocolate para você consumir com tranquilidade leve em consideração essas dicas:


  • Escolha sempre chocolates com mais de 70% de cacau em sua composição química;
  • Não compre opções descritas nas embalagens sacarina, cíclama e aspartame;
  • Escolha sempre opções com menos quantidades de açúcar; 
  • Para a melhor escolha dos ovos, escolha aqueles que contenham frutas secas e nozes no recheio;
  • Não escolha opções que tenham nomes estranhos em sua composição, pois na maioria das vezes, são conservantes que são muito ruins para a saúde.
  • Não compre chocolates que tenham gordura hidrogenada, pois são as mesmas coisas que as gorduras trans, que causam sérios danos ao corpo.
  • Se você vai comprar chocolate para crianças, escolha opções com 50% de cacau, tendo em vista que o ideal seria os 70%, mas como eles são muito amargos, as crianças não vão gostar.
  • Portanto, a melhor escolha do chocolate, são chocolates com mais de 70% de cacau em sua composição. Se você achar muito amargo, você pode escolher 50% de opções, pois elas são a segunda opção menos ruim para a saúde.

No entanto, chocolates do tipo leite, ou chocolate branco e outras opções não são favoráveis ao consumo regular. Mas tenha em mente que para fazer a escolha certa de verdade, o indicado é consultar seu médico ou nutricionista para confirmar se você pode ou não fazer o consumo.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem