Confira a nova lista que informa os beneficiários do PIS/PASEP.

Imagem: Reprodução/Google


Embora o pagamento do abono salarial do PIS/Pasep tenha sido liberado pelo governo desde 8 de Fevereiro, muitas pessoas reclamaram alegando não ter recebido. Mesmo sendo regulares com documentos e com direito ao benefício, muitos não têm acesso ao valor do benefício. Então confira agora mais sobre a nova lista divulgada pela Dataprev sobre os beneficiários do PIS/Pasep.


Saiba mais sobre a nova lista divulgada pela Dataprev


Com o problema de acesso a milhares de brasileiros regularizados no abono do PIS/PASEP, o governo decidiu realizar um novo processamento de dados em 2022. Assim, segundo a Dataprev, nesta nova lista quase 2 milhões de pessoas tiveram seus dados revisados.


Assim, desde 16 de março, a nova lista foi divulgada pela Dataprev com possíveis correções em relação aos que têm direito ao abono salarial. Esse processo foi feito para evitar um acúmulo de revisões adicionais, uma vez que o número de solicitações vinha crescendo exponencialmente.


Segundo informações oficiais, o problema ocorreu devido à inconsistência das informações emitidas pelas empresas ao governo federal, a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).  Assim, os beneficiários que quiserem saber se foram incluídos nesta segunda lista precisam acessar o portal do governo (gov.br). Você também pode acessar o aplicativo de carteira digital para ter acesso aos resultados.


Saiba quem tem direito ao abono salarial do PIS/PASEP


Para garantir o benefício do abono salarial em 2022, o trabalhador deve estar dentro de um desses critérios: em 2020, tenha trabalhado por pelo menos 30 dias com carteira assinada; estão inscritos há pelo menos cinco anos no PIS/PASEP; em 2020, recebem até 2 salários mínimos por mês; que apresentaram os dados corretamente ao governo através do empregador.


Vale ressaltar que existem duas categorias de pagamento diferentes para o abono salarial. Para os funcionários da empresa privada o procedimento é feito por meio da Caixa Econômica Federal, e para funcionários públicos através do Banco do Brasil.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem