Atenção! Seu Vale Gás pode ser bloqueado NESTA situação; Veja como evitar

Imagem: Reprodução/Google


A nova rodada de pagamento do vale do gás do governo federal foi de R$ 51. O valor é pago a cada dois meses e quem não o recebeu pode ter o benefício bloqueado. A principal ferramenta utilizada pelo governo federal é o Cadastro Único (CadÚnico). Muitas famílias com dados desatualizados podem ter os benefícios suspensos, como a Vale Gás.


Vale Gás bloqueado


Em algumas regiões do Brasil, o Vale do Gás de abril foi menor do que o esperado.


Isso porque o benefício considera o preço médio do botijão e a transferência é de 50% desse valor. Mas em algumas regiões, o botijão de 13 quilos é tão caro que o valor do benefício não chegou nem a 50%. É o caso das famílias que vivem no Amapá.

Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o botijão de gás mais caro foi encontrado nos estados de Rondônia e Mato Grosso, sendo acima de R$ 134.


O Vale do Gás é pago a cada dois meses. Além do valor abaixo do esperado por algumas famílias, houve redução no número de beneficiários. Caiu de 5,58 milhões para 5,39 milhões. Ou seja, uma redução de 190.000 pessoas.


Nesses casos, a orientação do Ministério da Cidadania é que as famílias confirmem como está a situação do cadastro. A consulta pode ser feita através do novo aplicativo CadÚnico. Aqueles com dados desatualizados podem ter o benefício suspenso. Portanto, a orientação é ter certeza de que todos os dados estão corretos.


Nesse caso, o próximo passo é entrar em contato com o Ministério da Cidadania pelo 121 ou através do aplicativo CadÚnico para identificar a falta de pagamento, que neste mês segue até 29 de Abril.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem