Atenção! Domésticas também podem participar do saque de até R$ 1 mil do FGTS. Saiba mais

Imagem: Reprodução/Google


As empregadas de todo o país também terão a oportunidade de sacar até R$ 1.000 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A medida anunciada pelo governo federal para trabalhadores com carteira assinada também abrange esse grupo.


A partir da próxima Sexta-Feira, 8, os interessados em retirar o dinheiro poderão consultar o valor disponível para resgate. Esse valor inclui o saldo das contas ativas (emprego atual) e inativas (empregos antigos) do FGTS.


O crédito começa em 20 de Abril e vai até 15 de Junho, por ordem do mês de aniversário do trabalhador. O prazo para retirada se estende até 15 de dezembro de 2022 para todos os grupos.


A Caixa Econômica Federal realizará os pagamentos através da Caixa Tem. Quem não tem conta poupança só precisa baixar o aplicativo para acessar sua conta criada automaticamente.


Beneficiários domésticos


Cerca de 1,46 milhão de empregadas domésticas que trabalham atualmente com carteira assinada têm direito ao FGTS, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para março. A medida tem potencial para injetar cerca de R$ 30 bilhões na economia, considerando os 42 milhões de trabalhadores contemplados.


"Essa paralisação beneficiará muitos trabalhadores domésticos que hoje têm direito ao Fundo de Garantia graças à Lei Complementar 150 que trouxe mais dignidade ao emprego doméstico. Com sua aprovação, garantiu direitos aos empregados domésticos, como FGTS, salário-família, seguro-desemprego, adicional noturno, entre outros.
Atualmente, o trabalhador doméstico tem todos os direitos de um trabalhador de uma empresa, com exceção do subsídio do PIS", afirma Mário Avelino, presidente do Instituto Doméstico Legal.

Como funcionará a nova aquisição do FGTS?


A Caixa fará o crédito automático em uma poupança digital criada em nome do trabalhador da Caixa Tem. A ferramenta oferece serviços como pagamento de contas e boletos, transferências de recursos, compras com o cartão virtual e até saque usando código.


Quem não quiser mexer com o saldo do FGTS já poderá solicitar a devolução do crédito em uma agência bancária ou no próprio aplicativo, até o dia 10 de novembro. Se preferir, basta deixar o dinheiro parado e ele será devolvido após o término da rodada de saques.


A consulta ao saldo do FGTS pode ser feita pelo site ou aplicativo do FGTS, site da Caixa ou agência da Caixa. O trabalhador ainda pode optar por receber a declaração do fundo via SMS ou correspondência.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem