SIM Digital: Empréstimos de até R$ 3 mil; Conheça o programa

Imagem: Reprodução/Google


O Programa de Simplificação digital de Microcrédito para Empreendedores (SIM Digital) será lançado em 28 de Março de 2022 e receberá um aporte de R$ 3 bilhões do FGTS. Este crédito será destinado até mesmo para aqueles que têm o nome sujo. Em termos gerais, o SIM Digital oferece empréstimos de até R$ 3.000.


O governo federal anunciou nesta quinta-feira, 17 de março de 2022, as novas linhas de microcrédito para pessoas físicas e microempreendedores individuais (MEIs).


O Programa de Renda e Oportunidade também prevê a liberação de até R$ 1.000 do FGTS e antecipação do 13º salário do INSS.


SIM DIGITAL: Programa oferece empréstimos


O Programa de Simplificação de Microcrédito Digital para Empreendedores, o SIM Digital, é baseado em duas operações, para pessoas físicas e para MEIs, segundo informações do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.


Para pessoas físicas, será concedido um valor de até R$ 1.000, com taxa de juros a partir de 1,95% ao mês e parcelamento em 24 meses. O esporte também se aplica até mesmo àqueles que têm um nome sujo.


Os Microempreendedores Individuais (MEIs) podem solicitar empréstimos de até R$ 3.000, com taxa de juros a partir de 1,99% ao mês e parcelamento em 24 meses.


O SIM Digital será executado por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), com aporte de R$ 3 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. A previsão é que o programa comece em 28 de março de 2022.


Como solicitar o SIM Digital?


Segundo o presidente da Caixa, o microcrédito para pessoas físicas será oferecido pelo celular, no aplicativo da Caixa Tem. A contratação pode ser realizada automaticamente, com análise do pedido no prazo de uma semana.


No caso de microempreendedores individuais, no entanto, a contratação deve ser realizada inicialmente presencialmente nas agências da Caixa. Após 45 dias, o crédito também deve estar disponível para contratação através do aplicativo Caixa Tem.


O Governo espera que 4,5 milhões de empreendedores se beneficiem. Com o programa, o governo pretende promover a formalização dos trabalhadores e melhorar o acesso ao crédito para o empreendedor.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem