Dá para sacar o PIS em dobro no valor de R$ 2.424 pela Caixa? Veja detalhes

Imagem: Reprodução/Google


O Governo Federal segue com o calendário de liberações do abono salarial PIS/Pasep. O benefício tem valor máximo de R$ 1.212, equivalente a um salário mínimo. Com o atraso no calendário do ano passado, muitos trabalhadores estão em dúvida se podem receber o dobro de recursos este ano, totalizando um valor de até R$ 2.424.


Infelizmente a resposta é não. O que acontece é que o calendário do PIS/Pasep 2022 atende apenas aqueles que trabalharam com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano de 2020. Quem trabalhar nesse mesmo formato, mas em 2021, receberá o abono salarial apenas em 2023.


Em resumo : Quem trabalhou formalmente em 2020 e 2021 não receberá o benefício duplo. Neste ano, os valores variam entre o valor mínimo para quem trabalhou um mês, de R$ 101, e o valor máximo para quem trabalhou 12 meses, de R$ 1.212.


Calendário PIS/Pasep 2022


PIS


Nascidos de Janeiro a 8 de Fevereiro

Nascido Fevereiro - Fevereiro 10

Nascido em Março - 15 de Fevereiro

Nascido em Abril - 17 de Fevereiro

Nascido em Maio - 22 de Fevereiro

Nascido em Junho - 24 de Fevereiro

Nascido em Julho - 15 de Março

Nascidos em Agosto - 17 de Março

Nascidos em Setembro - 22 de Março

Nascidos em Outubro - 24 de Março

Nascido em Novembro - 29 de Março

Nascido em Dezembro - 31 de Março


Pasep


Inscrições finais 0 e 1 - 15 de Fevereiro

Finais de inscrição 2 e 3 - 17 de Fevereiro

Inscrições terminam de 4 a 22 de Fevereiro

Final de inscrição 5 - 24 de Fevereiro

Inscrições terminam de 6 a 15 de Março

Inscrições terminam de 7 a 17 de Março

Inscrições terminam de 8 a 22 de Março

Término da inscrição 9 - 24 de Março


Quem pode sacar o PIS/Pasep 2022?


As regras para participação do benefício são:


  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter trabalhado formalmente, ou seja, com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2020 (ano base);
  • Ter recebido no ano-base o valor de até dois salários mínimos;
  • Esteja com os dados corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
  • Enquanto os trabalhadores do setor privado recebem o PIS, pago pela Caixa Econômica Federal, os servidores públicos têm direito ao Pasep, sob responsabilidade do Banco do Brasil.

Para consultar o saldo do PIS, basta baixar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital. No caso do Pasep, a verificação está disponível no site do Banco do Brasil.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem