Auxílio-gasolina: confira o valor e quem tem direito ao benefício

Imagem: Reprodução/Google

O Senado aprovou o projeto de lei que cria o auxílio à gasolina. De acordo com o texto, parte dos dividendos da Petrobras será usada para arcar com os custos do benefício. Taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativo podem receber vouchers entre R$ 100 e R$ 300.


O projeto busca mitigar os impactos causados pelos constantes aumentos nos preços dos combustíveis. Embora todos os brasileiros sejam prejudicados, algumas categorias têm sentido mais os impactos dos altos preços nas bombas.


Auxílio à gasolina

Embora o texto tenha sido aprovado no Senado, ainda há incertezas quanto à possibilidade de liberação do auxílio-gasolina ainda este ano. O motivo são as eleições de outubro. Por lei, vários benefícios não podem ser concedidos em um ano eleitoral.


Ao considerar o impacto de uma medida como o auxílio à gasolina, há uma grande chance de que o projeto não seja colocado em prática este ano. Além disso, o projeto ainda precisa ser aprovado na Câmara, apenas para então seguir para a sanção do presidente Jair Bolsonaro.


O preço dos combustíveis pode subir ainda mais. É um impacto previsto com a guerra na Ucrânia, já que a Rússia é um dos principais exportadores mundiais. Ainda por isso, a Petrobras já anunciou novos reajustes e os motoristas já notam a diferença nos postos de combustíveis.


Por todas essas razões, embora o projeto seja esperado por muitas categorias, o auxílio à gasolina pode levar tempo para se tornar realidade.


Pelo projeto, se o auxílio-gasolina for aprovado, o benefício será pago todos os meses. As parcelas variam de R$ 100, para motociclistas ou mototaxistas, até R$ 300, para taxistas, motoristas de aplicativo e motoristas de pequenas embarcações.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem