Tem dívida com o FIES? MP pode permitir desconto de até 92%

Imagem: Reprodução/Google


Estudantes endividados com o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) poderão receber desconto de até 92% nas renegociações. A ideia é discutida por meio da Medida Provisória 1090/2021. A proposta é facilitar o pagamento para que os alunos possam pagar pelo menos parte da dívida.


Pela MP, a quitação de dívidas dará mais liquidez ao programa, além de ajudar na regularização de quem está endividado com o Fies.


Dívida com o FIES


A condição vantajosa para quitação de dívidas se aplica aos estudantes que tiveram contratos a partir do segundo semestre de 2017.


Segundo levantamento do Fies, a dívida é superior a R$ 82,6 bilhões. Pela proposta, o pagamento pode ser feito com descontos de até 92%, além de parcelamentos em até 150 vezes sem juros.


A MP também traz que a renegociação se aplica àqueles que estão em atraso há mais de 90 dias. Ou seja, por mais de três meses.

As pendências são do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. Assim, com a possibilidade de renegociação de até 92% de desconto, os alunos podem arcar com apenas 8% do valor devido.


Dados do Ministério da Educação mostram que mais de 165 mil estudantes brasileiros estão endividados com o pagamento do Fies. Por MP, os pagamentos podem ser em dinheiro, sem juros e com descontos. Ou parcelado em até 150 vezes, também sem juros.


O desconto de 92% vale para quem está no Cadastro Único (CadÚnico). Para o público geral o desconto também é alto: 86,5%. Assim, a ideia é que os alunos possam pagar mais facilmente os valores devidos. E que o programa pode ser mantido para incluir mais pessoas que querem fazer parte do FIES.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem