Como vai funcionar a nova fase de consulta a valores ‘esquecidos’? Veja detalhes

Imagem: Reprodução/Google

O Sistema de Valor de Admissão do Banco Central voltou ao ar na última Segunda-Feira, 14, permitindo a consulta de bilhões de reais esquecidos no Banco. Nesta primeira etapa, 28 milhões de pessoas ou empresas devem receber cerca de R$ 3,9 bilhões.


O Banco Central informou que iniciará uma nova fase de consultas em 2 de maio. Até o momento, podem ser verificados valores decorrentes das seguintes transações:


  • Contas correntes ou poupanças fechadas com saldo disponível;
  • Taxas cobradas indevidamente;
  • Parcelamentos ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente. Neste caso, somente estarão disponíveis os recursos das instituições que assinaram um termo de compromisso com o Banco Central;
  • Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de ex-participantes de cooperativas de crédito;
  • Recursos não solicitados relativos a grupos de consórcios fechados;
  • Outras situações que implicam valores a serem devolvidos reconhecidos pelas instituições.

Fase 2


Após a implementação da nova fase, os brasileiros poderão resgatar valores de:


  • Taxas cobradas indevidamente, não previstas nos Termos de Compromisso firmado pelo banco com o BC;
  • Parcelamentos ou obrigações relativas a operações de crédito indevidamente cobradas;
  • Contas de pagamento pré-pagas e pós-pagas fechadas com saldo disponível;
  • Contas de registro mantidas por corretoras de valores mobiliários e por empresas de distribuição de títulos para registrar transações de clientes fechados com saldo disponível;
  • Entidades em acordo extrajudicial;
  • Valores relativos ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC);
  • Recursos do Fundo Garantidor de Cooperativas de Crédito (FGCoop).
  • Nova consulta em Maio
  • Mesmo aqueles que já realizaram a consulta e não verificaram que não há nada a receber, podem ter valores disponíveis nas próximas fases. O BC dividiu o processo em etapas, o que significa que o cliente ainda tem chances de ter esquecido dinheiro nos bancos.

Nesse sentido, é importante fazer uma nova consulta a partir de 2 de Maio, através do site valoresareceber.bcb.gov.br. A autoridade monetária confirmou que o sistema será permanente.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem