Novo teto do INSS é R$ 7.087: Confira os valores de benefícios acima do salário mínimo.

Imagem: Reprodução/Google

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai reajustar seus benefícios pagos a milhões de aposentados e pensionistas. A correção será de 10,16% para valores acima do salário mínimo, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado em 2021.


O reajuste anual dos pagamentos visa evitar perdas no poder aquisitivo do segurado. O INPC é um dos principais indicadores de inflação do país.


Para que a correção seja oficializada, o governo precisa publicá-la no Diário Oficial. Ao G1, o Ministério do Trabalho e Previdência Social informou que "ainda não há data certa para a publicação da portaria".


O novo teto de pagamentos do INSS deverá passar de R$ 6.433,57 para R$ 7.087,22 após a revisão.


Somente quem já estava recebendo o benefício em 1º de janeiro do ano passado terá direito ao reajuste de 10,16%. Outros aposentados e pensionistas terão direito a percentuais menores de reajuste, uma vez que não receberam todos os doze meses anteriores.


Benefícios de um salário mínimo


O segurado que recebe um salário mínimo por mês teve seus pagamentos reajustados para R$ 1.212 em 1º de janeiro. Por lei, o INSS não pode pagar menos do que o piso nacional para qualquer beneficiário de pensões, auxílio-doença, encarceramento e pensão por morte.


Confira como devem ser os novos valores de benefícios do INSS:


Reajuste dos valores do benefício do INSS


Imagem: Reprodução/Google


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem