É possível fazer os dois saques do PIS/Pasep disponíveis em 2022? Confira detalhes!

Imagem: Reprodução/Google


Alguns trabalhadores brasileiros poderão fazer duas saídas diferentes do PIS/Pasep em 2022. O primeiro é o resgate das cotas do fundo PIS/Pasep, que já estão disponíveis nas contas dos cotistas. O segundo é o abono salarial, pago anualmente àqueles que trabalharam com carteira assinada no ano anterior.


A Caixa Econômica Federal é responsável pelo pagamento do PIS a funcionários de empresas privadas, enquanto o Banco do Brasil cuida do Pasep para servidores públicos.


Cotas do Fundo PIS/Pasep


As cotas são um direito de quase 10 milhões de trabalhadores que tiveram carteira assinada entre 1971 e outubro de 1988. O valor disponível chega a R$ 23 bilhões, que estarão disponíveis para resgate até 31 de maio de 2025.


Se o trabalhador morreu, seus herdeiros podem sacar o dinheiro. Para saber se tem direito às cotas do fundo PIS/Pasep, procure uma agência da Caixa ou do Banco do Brasil.


Abono salarial do PIS/Pasep


Esse benefício no valor de até um salário mínimo (R$ 1.212 atualmente) é pago aos trabalhadores que trabalharam com carteira assinada durante o ano-base. Como o lançamento previsto para 2021 foi adiado, os pagamentos deste ano serão para o ano base de 2020.


Os requisitos para recebimento do abono do PIS/Pasep em 2022 são:


  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2020;
  • Ter recebido uma média de dois salários mínimos por mês em 2020;
  • Tenha seus dados informados corretamente pela empresa na RAIS.

Calendário de abono do PIS/Pasep


Pis:

Imagem: Reprodução/Google


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem