Auxílio Emergencial no valor de R$ 600 começa em 2 dias; Confira onde o benefício é repassado.

Imagem: Reprodução/Google


O Programa de Auxílios de Belo Horizonte, criado pela Lei 11.314/21, visa apoiar mais de 300 mil famílias por meio da concessão de subsídios financeiros provisórios, ou seja, auxílios emergenciais, como medida para lidar com as consequências sociais e econômicas da pandemia covid-19.


Ou seja, a iniciativa temporária incluirá famílias com 6 parcelas consecutivas de R$ 100. Vale ressaltar que são oferecidos quatro subsídios diferentes, sendo três para famílias em situação de vulnerabilidade e outro para alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino.


Quem tem direito a auxílio emergencial de BH?


Famílias residentes no município que estejam inscritas ou inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) têm direito ao benefício, até 30 de junho de 2021 e têm renda familiar per capita de até meio salário mínimo.


Para saber se sua família tem direito ao atendimento, você pode acessar o site auxiliobh.pbh.gov.br e ver se ele é elegível, informando o número do CPF e o primeiro nome do tutor da família.


Além disso, você pode consultar todos os requisitos de quem será contemplado e os valores repassados clicando neste link.


Calendário de pagamento


Imagem: Reprodução/Google


As saídas podem ser feitas de acordo com este cronograma:


Como é pago o auxílio emergencial para Belo Horizonte?


O pagamento dos subsídios será depositado em conta bancária em nome do responsável pela unidade familiar de acordo com os cadastros prévios do público elegível para o Programa, como beneficiário, em seu CPF.


A conta bancária será da Caixa Econômica Federal e funcionará de duas formas:


Para quem já tem conta poupança social digital na Caixa, a conta Caixa Tem, o pagamento será feito mediante o depósito do valor do auxílio nessa conta, de acordo com o cronograma que será divulgado pela PBH.

O beneficiário pode retirar ou usar o auxílio da mesma forma que geralmente movimenta os valores desta conta;

Para quem não tem conta poupança social digital na Caixa, a instituição abrirá uma conta poupança social digital em nome da família RF após a solicitação de pagamento pelo beneficiário no site do AUXÍLIO BH. O depósito do pagamento do auxílio será feito nas datas informadas no cronograma.


Uma vez creditado o valor, o beneficiário pode acessar o auxílio baixando o aplicativo Caixa Tem, através do qual você pode pagar contas, sacar sem cartão ou transferir para outra conta bancária; ou você também pode comparecer a uma agência da Caixa ou da Casa Lotérica portando um documento com foto e retirar o auxílio, sem a necessidade de fazer cadastros prévios ou emitir um cartão.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem