Revisão do FGTS pode colocar R$ 10 mil na conta do trabalhador. Confira!

Imagem: Reprodução/Google


Uma ação que propõe a revisão do índice utilizado para corrigir o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) está em análise pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O objetivo é re-reinserir as perdas que milhões de trabalhadores tiveram da inflação nos últimos anos.


A previsão é que algumas pessoas possam ter acesso a valores acima de 60 salários mínimos (R$ 66 mil), mas a maioria dos trabalhadores deve receber uma média de R$ 10 mil. O valor varia de acordo com o tempo trabalhado, o salário e o período em que o dinheiro foi deixado.


O texto do processo aberto no STF quer substituir a Taxa Referencial (TR) pelo INCP, IPCA ou outro índice capaz de refletir a inflação acumulada. Se a Corte decidir a favor dos trabalhadores, eles terão direito a retroativo a qualquer período desde 1999.


Enquanto o assunto aguarda julgamento, a dica é consultar o valor da sua revisão do FGTS pelo portal LOIT. A ferramenta é totalmente gratuita e ajuda o cidadão a tomar a decisão de entrar no tribunal ou não.


Para utilizar o LOIT, basta acessar o site e enviar os extratos do FGTS. No caso de contadores, advogados e outros profissionais da previdência social, eli é a plataforma indicada.

1 Comentários

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem