Saiba como regularizar o IPVA atrasado em 2021

Imagem: Reprodução/Google

Se você está com o imposto do carro atrasado, sabe que o não pagamento do IPVA é sinal de dor de cabeça para os donos de veículos. Isso porque, em atraso, o motorista pode levar multa e pontos na carteira.


Primeiramente, o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é ponto básico para deixar a documentação dos veículos em dia. Ou seja, sem ele não é possível fazer o licenciamento.


Além disso, quem não paga o IPVA comete uma infração gravíssima e pode levar 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A multa chega a R$ 293,47 e o veículo é apreendido.


Pagamento do IPVA atrasado


Por conta da pandemia da Covid-19, os estados e também o Distrito Federal criaram condições e regras diferentes para o pagamento do IPVA. Ou seja, algumas regiões adotaram novos prazos para o pagamento por saber da dificuldade de muitos em pagar o IPVA atrasado por conta do desemprego e demais dificuldades provocadas pela pandemia.


Por isso, primeiramente é importante conferir como está a situação no seu estado. Antes de tudo faça a consulta da situação do seu IPVA por meio do departamento de trânsito de onde você mora.


O pagamento do IPVA atrasado pode ser feito de forma online. Primeiro, entre o site do Detran do seu estado.


Consulte pelo número da placa ou também do Renavam do seu carro. Preencha as demais informações solicitadas no site e, em seguida, é só emitir o documento e a guia de pagamento.


Depois do pagamento a dívida aparece como quitada. Ou seja, o IPVA fica em dia e o dono dos carros pode circular tranquilamente, com o imposto em dia. Mas, vale lembrar que o IPVA atrasado em mais de um ano, nesses casos, o pagamento online não está disponível.


Documentos digitalizados


Hoje vários documentos relacionados aos veículos já foram digitalizados. A exemplo da CNH e também o Certificado do Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). Ou seja, durante uma barreira polícia, eles podem ser solicitados e apresentados de maneira digital.


Além deles, o Comprovante de Transferência de Propriedade (DUT) também tem forma digital.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem