Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados estabeleceu Gás de cozinha no valor de R$ 49 para famílias de baixa renda; Confira.

Imagem: Reprodução/Google


Foi aprovada na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados uma proposta que estabelece o valor do gás de cozinha em R$ 49. A redução é destinada às famílias de baixa renda e somente enquanto durar o estado de emergência na saúde causado pela pandemia. Impulsionado pela inflação, o gás de cozinha foi um dos produtos que mais tiveram alta de preço durante o ano de 2021, com valor médio acima dos R$ 100. A variação do dólar e a demanda do mercado internacional fazem com que os combustíveis, assim como a gasolina e diesel, sofram constantemente com as variações de custo.


Como funciona a proposta do botijão de gás a R$ 49?


Pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) farão parte do grupo de beneficiados pela medida caso ela entre em vigor. Esse público poderá comprar um botijão de gás diretamente com fornecedores ao custo de R$ 49.


Reforçando que a lei ainda não entrou em vigor, pois ainda deve passar por votação nas comissões de:


  • Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços;
  • Minas e Energia;
  • Constituição e Justiça e de Cidadania.

Além da proposta do vale gás a R$ 49, um outro programa social também voltado para o subsídio do botijão de 13 kg está sendo votado no Congresso Nacional. Chamado de auxílio gás, a medida conta abrangência nacional e tem a proposta de oferecer recursos à famílias de baixa renda para a aquisição de um botijão de gás a cada dois meses.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem