Tarifa Social: Conta de Luz com até 100% de desconto. Saiba mais

Imagem: Reprodução/Google

Mais famílias poderão ser beneficiadas com o programa Tarifa Social de energia elétrica em 2022. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) informou que o atual número de contemplados, 12,3 milhões, pode dobrar no próximo ano, chegando ao total de 24 milhões.


Desse total, cerca de 11,5 milhões de cidadãos se enquadram  nos critérios de elegibilidade do programa, logo, devem ser incluídos automaticamente nos descontos das distribuidoras a partir de 2022


Vale ressaltar que para famílias indígenas e quilombolas também inscritas no CadÚnico, o programa garante descontos de até 100%, com limite de consumo de 50 kWh por mês.


Contudo, quem se encaixar nos critérios e se interessar pela oportunidade, pode comparecer à distribuidora de energia elétrica da cidade ou região e solicitar o benefício. A partir do próximo ano, o cadastro será realizado de maneira automática.


Como solicitar o desconto em 2021?


Para aqueles que querem adiantar o procedimento, podem aderir ao TSEE por meio de um pedido junto à distribuidora de energia elétrica, informando os seguintes dados:


  • Nome completo;
  • Número do CPF;
  • RG; ou
  • Outro documento de identificação oficial com foto;
  • Em caso de indígenas, o Registro Administrativo de Nascimento de Indígena (RANI) pode ser usado;
  • Número de identificação social (NIS); ou
  • Número do Benefício (NB); e
  • Relatório e atestado médico assinados por um profissional, referente a família com uso contínuo de aparelhos para tratamento.

No que se refere as reduções na conta de luz, serão aplicadas para famílias que consomem até 250 kWh. Os descontos podem ser de:


  • 65% para quem consumir de 0 a 30 kWh;
  • 40% quando o consumo ficar entre 31 kWh e 100 kWh; e
  • 10% quando os gastos forem de 101 kWh a 220 kWh.

Contudo, vale ressaltar que nenhuma redução será aplicada a partir de um consumo de 221 kWh.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem