Ticker

6/recent/ticker-posts

Mais limite de crédito? Nubank amplia serviço que possibilita a liberação no aumento de limite manual. Confira!

Imagem: Reprodução/Google

O Nubank anunciou na semana passada que liberou para mais usuários a opção de adicionar limite no cartão de crédito usando dinheiro depositado na conta bancária. A função, lançada em fevereiro, permite que clientes sem limites pré-aprovados melhorem seu histórico financeiro.


Como resultado, os usuários podem liberar uma sobretaxa limite para uso na função de crédito com base no valor depositado em sua conta. É importante ressaltar que o serviço não é um cartão pré-pago, pois funciona na função crédito, inclusive a emissão de nota fiscal no final do mês.


Segundo o Nubank, assim que a pessoa recebe o cartão com "garantia" ou sem limite, ele pode "sacar" o saldo da conta do Nubank e transformá-lo em um limite de crédito. Se o valor desejado na ferramenta for de R$ 200, é necessário depositar o mesmo valor na conta. A partir daí, se uma compra de R$ 150 for feita com o cartão, haverá apenas R$ 50 para uso.


Os valores convertidos para a ferramenta, vale ressaltar, permanecem separados do saldo da conta. Ou seja, eles não serão usados para o pagamento da fatura do cartão. Segundo a fintech, "o cliente paga a conta do cartão normalmente". Uma vez feito isso, o limite inicial é restabelecido.


Como solicitar aumento de crédito do Nubank


Uma vez depositado um valor no cartão Nubank, o cliente pode resgatá-lo, inclusive o que já foi usado em transações. No entanto, para fazer isso, você deve pagar pela fatura em aberto.


Interessados em solicitar uma sobretaxa limite ou então resgatar algum valor depositado anteriormente, eles devem acessar o atalho do cartão de crédito no aplicativo e, em seguida, tocar na guia "Ajustar limite". Em seguida, ela deve escolher a opção que deseja, seja "Adicionar limite" ou "Resgatar limite adicional".


Por fim, o Nubank ressalta que a nova funcionalidade oferece vantagens aos usuários, como limite de crédito sem necessidade de análise prévia, opção de parcelamento de compras, construção de um melhor histórico financeiro com o banco, além da oportunidade de alcançar um limite pré-aprovado no futuro.