Ticker

6/recent/ticker-posts

Presidente da republica diz que trabalho da Policia Federal ao combate á corrupção no país ajudou a elegê-lo.


BRASÍLIA (Reuters) - Em cerimônia de formatura de novos soldados da  policial federal nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro disse que o trabalho da instituição anticorrupção o ajudou a vencer a eleição presidencial de 2018, procurando brasileiros "diferentes".


"Seu trabalho no combate à corrupção me fez olhar para muitos candidatos diferentes e acabei sendo eleito", disse o presidente em uma declaração solene.


Bolsonaro também disse que não tinha motivos para a Polícia Federal ir atrás de seus ministros com a evidência de que não haveria corrupção em seu governo. No entanto, o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio foi acusado pela PF de associação criminosa, erro de ortografia e falsa ideologia eleitoral, pelo suposto uso de uma candidata laranja no PSL na última eleição.


Bolsonaro também aproveitou a cerimônia para prender o ex-ministro da Justiça Sergio Moro, dizendo que o atual ministro, André Mendonça, tinha feito um trabalho melhor do que "o homem que nos deixou há pouco tempo".


Moro renunciou em abril deste ano e deixou o governo, afirmando que Bolsonaro tentou intervir politicamente na Polícia Federal, o que o presidente negou. As alegações levaram à abertura de uma investigação contra Bolsonaro e contra Moro por suposta difamação contra o presidente.


Na quinta-feira, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir se Bolsonaro pode depor por escrito no inquérito se terá ou não que confessar presença.