Ticker

6/recent/ticker-posts

O LAB é o primeiro órgão do Brasil a participar do FC4S. Confira!


O Laboratório de Inovação Financeira (LAB) é reconhecido como membro do Center for Sustainability Finance (FC4S), grupo de discussão que desenvolve soluções financeiras inovadoras para o sucesso dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, bem como compromissos para enfrentar os riscos globais das mudanças climáticas.


O laboratório foi criado pela Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDES), pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em parceria com a Agência Alemã de Cooperação Internacional (BID). O laboratório é o primeiro organismo do Brasil e da América do Sul a participar da FC4S CVM para representar o laboratório no grupo ambiental das Nações Unidas.


Na avaliação da CVM sobre proteção e aconselhamento de investidores, José Alexandra Vasco, de 20 anos, de Nova York, disse: "É a primeira vez que estamos no mundo Apoio laboratorial ao FC4S, "Além de criar uma impressão mais internacional sobre o trabalho bem-sucedido do laboratório que promove discussões sobre finanças sustentáveis no Brasil permitirá a troca de resultados em finanças sustentáveis, interação com outros representantes de centros financeiros relacionados aos padrões de finanças verdes e mudanças climáticas".


Compromissos

O Vasco esclareceu que através do laboratório brasileiro poderá participar deste grupo de trabalho multi-regional da FC4S "os associados têm certas obrigações. Gostaria de salientar a questão da promoção de ações estratégicas nas finanças verdes e sustentáveis. Compartilhar conhecimento para capacitar a humanidade, além de medir as contribuições do Centro de Ação Climática e Desenvolvimento Sustentável. E trabalhar com reguladores municipais regionais, nacionais e internacionais para criar condições favoráveis para as finanças verdes e sustentáveis", disse o diretor.


FC4S

A FC4S é resultado da parceria dos membros do Centro Financeiro com o programa de meio ambiente das Nações Unidas e do secretário-geral instalado em Genebra, na Suíça. Atualmente, são 30 membros, incluindo agências governamentais, forças do setor privado e cooperação do setor público. A maioria são membros da Europa e Ásia, com alguns estrategicamente focados na África e três nas Américas, tendo construído recentemente na América Latina (México), informou a assessoria de imprensa da CVM.